REGRAS do Ranking Brasileiro de Teamfight Tactics #2
-Campeonato ONLINE - Modalidade Eliminatória

Data: 1 a 27 de Outubro e 3 de Novembro de 2019

Horários:
De 1 a 27 de Outubro, 20h
Dia 3 de Novembro, a partir das 14h30
Nº de vagas: 189 jogadores

Etapa Estadual (1 a 27 de Outubro): As partidas são com 7 jogadores e o 1º lugar vence
Etapa Final (3 de Novembro): Os 27 vencedores da Etapa Regional vão se enfrentar em 7 partidas mistas
Os 7 vencedores jogam a Partida Final para definir o Campeão do Ranking Brasileiro.

PREMIAÇÃO
1º Lugar: Em breve \o/

A premiação está ligada à participação do jogador no evento,
e de todos seus deveres e direitos de transmissão;
Jogadores que não cumprirem com as regras do Ranking Brasileiro,
estarão abdicando de sua premiação;
Essa premiação será entregue ao vencedor no evento.
O pagamento de taxas ou impostos sobre a premiação é uma responsabilidade do ganhador da premiação.

INSCRIÇÕES
As Inscrições* no Ranking Brasileiro acontecem mediante disponibilidade,
através do formulário de Inscrição !
Serão apenas 7 vagas por Estado, agilize-se.

*¹ - Os jogadores devem preencher corretamente todas as informações no momento da inscrição no campeonato e é PROIBIDO a mesma pessoa jogar 2 campeonatos.
POR FAVOR, respeite essa regra, ela é importante para nossa organização!

*² - Os times e jogadores não podem usar nomes e imagens impróprias, ofensivas ou de conteúdo +18.

*³ - Os Jogadores Inscritos concordam em divulgar sua participação (compartilhar aberto ao público)
em seu Facebook 3 postagens do Ranking Brasileiro, nas datas:
1) no dia 30 de Setembro - Post anunciando o começo dos Campeonatos Regionais
2) no dia de sua Etapa Regional - Post com o nome dos jogadores da Etapa
3) no dia 3 de Novembro - Post anunciando as Finais do Ranking Brasileiro de TFT #2

CRONOGRAMA (Previsão de horários dos jogos)

Etapa Estadual - Diariamente as 20h, de 1 a 27 de outubro
01/10 - Ranking Brasileiro do Acre
02/10 - Ranking Brasileiro de Alagoas
03/10 - Ranking Brasileiro do Amapá
04/10 - Ranking Brasileiro do Amazonas
05/10 - Ranking Brasileiro da Bahia
06/10 - Ranking Brasileiro do Ceará
07/10 - Ranking Brasileiro do Distrito Federal
08/10 - Ranking Brasileiro do Espírito Santo
09/10 - Ranking Brasileiro de Goiás
10/10 - Ranking Brasileiro do Maranhão
11/10 - Ranking Brasileiro do Mato Grosso
12/10 - Ranking Brasileiro do Mato Grosso do Sul
13/10 - Ranking Brasileiro de Minas Gerais
14/10 - Ranking Brasileiro do Pará
15/10 - Ranking Brasileiro da Paraíba
16/10 - Ranking Brasileiro do Paraná
17/10 - Ranking Brasileiro de Pernambuco
18/10 - Ranking Brasileiro do Piauí
19/10 - Ranking Brasileiro do Rio de Janeiro
20/10 - Ranking Brasileiro do Rio Grande do Norte
21/10 - Ranking Brasileiro do Rio Grande do Sul
22/10 - Ranking Brasileiro de Rondônia
23/10 - Ranking Brasileiro de Roraima
24/10 - Ranking Brasileiro de Santa Catarina
25/10 - Ranking Brasileiro de São Paulo
26/10 - Ranking Brasileiro de Sergipe
27/10 - Ranking Brasileiro de Tocantins


Etapa Final - 3 de Novembro
1º Partida - 14h30
Previsão da Partida Final - 20h

Regras Gerais sobre o campeonato:

Mapa: Teamfight Tactics
Modo: 7 jogadores - Eliminação (1º Lugar vence)
8º Jogador: o 8º jogador é o Ranking Brasileiro, que vai transmitir as partidas, sem usar heróis ou pegar itens durante todas as partidas.
Servidor: O servidor utilizado será o servidor online da Riot Games;
Patch: O patch utilizado será o mais atual e estável do servidor;

Interrupção do Jogo
1.11.1 Perda de conexão não intencional: Se um jogador perder a conexão com o jogo devido a problemas com o cliente do jogo, plataforma, rede ou computador as equipes deverão pausar e se precisam comunicar os organizadores;
1.11.2 Sair do jogo/Perda de conexão intencional: Se um jogador perder a conexão com o jogo/deixar um jogo intencionalmente sem prévia autorização do organizador do campeonato, o jogador poderá ser julgado pelos organizadores, sendo cogitado até uma desclassificação para o jogador;

Regras de Jogo
2.1 Modo de Jogo: Teamfight Tactics
2.2 É proibida à transmissão dos jogos, seja feita por um jogador, staff da equipe, espectador ou outros. Apenas a stream oficial poderá fazer a transmissão das partidas;
2.3 Os jogadores deverão reportar o resultado assim que o jogo for finalizado, é obrigatória a apresentação da Screenshot de cada partida
2.4 Ao sentir dificuldade, perguntas ou dúvidas, procure por um Juiz do Ranking Brasileiro.
2.5 Se algum jogador não se apresentar até 15 minutos após o horário marcado (horário de CHECK IN) na sala do jogo, o mesmo poderá ser substituido por outro jogador [Esta regra é válida apenas se não houver atrasos na partida/torneio, caso haja atrasos na partida a administração irá avisar os novos horários];
2.6 É extremamente proibido jogar na conta de terceiros e cada jogador só pode representar um estado;
2.7 Na Etapa Estadual (de 1 a 27 de Outubro), o vencedor de cada partida é o 1º Lugar
2.8 Caso algum Campeonato Estadual não tenha os 7 jogadores do mesmo estado, o Ranking poderá usar jogadores representantes de outro estado, selecionados a critério de escolha do Ranking Brasileiro
2.9 A Etapa Final (03/11) começa as 14h30 com 7 Partidas entre Estados,
onde o 1º Lugar garante sua vaga na Partida Final e o 8º Lugar é eliminado do campeonato.
*as Chaves das Partidas entre Estados serão decididas por SORTEIO.
Na Partida Final, que acontece após as Partidas entre Estados (jogo previsto para as 20h),
o 1º Lugar será o Campeão do Ranking Brasileiro de TFT #2.

Regras Gerais e de Conduta
3.1 Elegibilidade de Jogadores Para ser elegível e competir no torneio, os jogadores deverão ser cadastrados na plataforma de torneio indicada, e preencher todos os dados necessários solicitado pela plataforma.
3.2 Papel dos Juízes: As designações abaixo se aplicam.
3.2.1 Responsabilidade – Os Juízes são responsáveis por auxiliar os jogadores em qualquer questão relacionada a partidas e o que ocorre antes e depois das mesmas.

A supervisão dos Juízes inclui, mas não se limita a:
3.2.2 Comunicar/autorizar o início da partida.
3.2.3 Solicitar pausas e resumir o jogo.
3.2.4 Buscar soluções para problemas durante o campeonato.
3.2.5 Confirmar o final da partida e o resultado.
3.2.6 Finalidade do Julgamento – Toda a decisão tomada pelo Ranking Brasileiro será considerada final, e absoluta. Não existe processo de apelação para as decisões tomadas.

3.3 Conduta dos Jogadores
3.3.1 Hacking
Hacking é definido por qualquer alteração ou modificação feita no cliente do LoL por jogador, time, ou qualquer pessoa que tenha agido em nome de um jogador ou time.

3.3.2 Profanação e Hate Speech
Ojogador não poderá usar linguagem obscena, chula, vulgar, insultos, ameaças, abusos, calúnia, difamação ou portar-se de qualquer maneira ofensiva ou repreensível, nem promover ou incitar ódio ou conduta discriminatória dentro ou perto da área de partida em qualquer momento.

3.3.3 Comportamento Disruptivo/Insultos
O jogador não pode tomar qualquer ação ou executar qualquer gesto, ou incitar qualquer indivíduo a fazer o mesmo, que seja direcionado ao time adversário em uma natureza insultuosa, zombeteira, perturbadora ou antagônica.

3.3.4 Comportamento Abusivo
Não será tolerado abusar dos organizadores, membros de equipe, ou espectadores. Repetições nessas violações incluem, mas não se limitam a: tocar o computador de outro jogador, corpo ou bens, e essas atitudes resultarão em punições. Membros das equipes e seus convidados (se houver) devem tratar todos os que frequentam uma partida com respeito.

3.4 Comportamento não profissional
3.4.1 Responsabilidade sob Código
Salvo indicação contrária, ofensas e quebras dessas regras são passíveis de punição, tendo sido ou não cometidas propositalmente. Tentativas de quebra de regras também são passíveis de punição.

3.4.2 Assédio
Assédio é proibido. Assédio é definido como atos sistemáticos, hostis e repetidos que ocorrem durante um período considerado de tempo, que são destinados a isolar uma pessoa e/ou afetar a dignidade da pessoa.

3.4.3 Assédio Sexual
Assédio sexual é proibido. Assédio sexual é definido como avanço sexual indesejável. A avaliação baseia-se se uma pessoa comum consideraria a atitude ofensiva. Há tolerância zero para qualquer ameaça ou a promessa de vantagens em troca de favores sexuais.

3.4.4 Descriminação e Difamação
Membros das equipes não podem ofender a dignidade ou integridade de um País, pessoa ou um grupo de pessoas por meio de palavras ou atos de desprezo ou ações de raça, cor de pele, etnia, nação, origem social, gênero, língua, religião, opinião política ou qualquer outra opinião, status financeiro, idade ou qualquer outro status de orientação sexual.

3.4.5 Recusa de cumprimento
Nenhum membro de uma equipe poderá recusar ou se negar a executar as instruções dos organizadores do Torneio.

3.4.6 Combinação de Resultados
Nenhum membro de uma equipe poderá oferecer, concordar, conspirar ou tentar influenciar o resultado de um jogo ou partida por qualquer meio que seja proibido pela lei ou por estas regras.

3.4.7 Sujeições a Penalidades
Qualquer pessoa envolvida ou com tentativa de envolvimento em qualquer ação que os organizadores acreditem, a seu critério exclusivo e absoluto, que constitua uma vantagem desigual, será sujeita a uma punição imposta devido a esses atos. A natureza e extensão das punições impostas devido a essas operações obedecerão a critérios exclusivos e absolutos da Organização.

3.5 Penalidades
Após a descoberta de violação por um membro de uma equipe de qualquer uma das regras listadas acima, os organizadores poderão, sem limitação de sua autoridade sob a seção 3.2.4 emitir as seguintes penalidades:

3.5.1 Advertência Verbal

3.5.2 Perda da escolha de lado para o Jogo atual e/ou futuros

3.5.3 Multas e/ou Perda de Premiação

3.5.4 Perda de Jogos

3.5.5 Perda de Partidas

3.5.6 Suspensões

3.5.7 Desclassificação
Infrações repetidas ou graves (abusos, hack, entre outros) estão sujeitas a escalação de penalidades, e até mesmo incluindo ou não a desclassificação de eventos futuros e/ou banimento do evento. É importante notar que penalidades não precisam seguir uma ordem. A critério dos organizadores, um jogador pode ser desclassificado por uma primeira ofensa se a ação do jogador for o suficiente para uma desclassificação.

3.6 Direito de Publicação
Ao se inscrever no campeonato, os participantes concordam em ceder, neste ato, os direitos de uso de sua imagem e da equipe que representam para o Ranking Brasileiro, em banners, peças publicitárias, PR’s, comunicações em mídias em redes sociais, e-mail marketing, Streaming ao vivo, Replays, VOD’s e eventuais ações relacionadas a promover o campeonato.
A organização do torneio terá todos os direitos de publicar e declarar que um membro da equipe foi penalizado. Qualquer membro da equipe ou time poderá ser citado nessas declarações, renunciando assim a qualquer direito de ação judicial contra o Ranking Brasileiro, e/ou seus parceiros, subsidiários, afiliados, funcionários, agentes ou contratados.

3.7 Espírito das Regras

3.7.1 Decisões Finais
Todas as decisões a respeito da interpretação das regras, elegibilidade de jogadores, cronograma do evento e penalidades por mau comportamento dependem apenas das decisões do Ranking Brasileiro, que são finais. As decisões da organização, em respeito a essas regras, não podem ser objeto de recurso e não darão origem a qualquer reclamação por danos monetários ou qualquer outra medida legal.

3.7.2 Termo de Concordância
Ao se inscrever no torneio, a equipe está inteiramente de acordo com as regras e deverá cumpri-las conforme foram determinadas pela organização do torneio, sem direito a reclamação futura.

3.7.3 Alteração de Regras
Estas regras e datas sobre os campeonatos podem ser alteradas, modificadas ou complementadas pela organização do evento, se necessário.


Pesquisa de satisfação